Número total de visualizações de página

24 outubro, 2005

Educação Ambiental - Porquê?

Nos últimos tempos, paralelamente ao crescimento dos problemas ambientais tem-se verificado uma preocupação crescente com os mesmos.
Recorde-se, por exemplo, a Conferência das Nações Unidas sobre o Ambiente realizada em Estocolmo no ano de 1972.
No sistema educativo português "a entrada de Portugal na União Europeia em [1986] constituiu um marco decisivo para uma nova política de Ambiente e de Educação Ambiental" (Pinto, 2003) contemplada pela sua vertente transdisciplinar pela Lei de Bases do Sistema Educativo publicada no mesmo ano, reconhecendo à "Educação Ambiental (...) objectivos de formação dos alunos, abrangente a todos os níveis de ensino".
Com efeito, em 2003, o Instituto do Ambiente anuncia a Estratégia Nacional de Educação Ambiental para a Sustentabilidade, apoiando uma Rede Nacional de Educação Ambiental desmultiplicada localmente, na qual se inclui a Agenda 21 Escolar, que prevê o desenvolvimento de uma política ambiental organizada e participada.
A execução e divulgação de acções, experiências e projectos pelas escolas de cariz ambiental tornam-se cruciais para o crescimento e formalização da Educação Ambiental, tendo como objectivo maior o Desenvolvimento Sustentável, garante da sobrevivência e qualidade de vida das gerações presentes e futuras.
Imbuída neste desafio, a Escola Básica Integrada dos Biscoitos (ilha Terceira Açores) tem-se empenhado em promover espaços abertos à comunicação de projectos, actividades e experiências sobre o ambiente, envolvendo toda a comunidade educativa, como foi o caso da turma do 6º C, que no passado dia 21 de Outubro de 2005, apresentou um projecto sobre poluição marinha em parceria com a Universidade dos Açores.

8 comentários:

Desambientado disse...

Fátima.
Tive dificuldade em entrar no teu blog, porque aparece um pouco desgarrado do "molho". Tentei deixar uma mensagem a dar-te os parabéns mas não consegui.
Vamos a ver se é desta que consigo lá chegar.

Parabéns.

Félix

Fátima Silva disse...

Dr. Félix,
Agradeço muito o seu comentário.
O meu blog anda um pouco envergonhado, sou muito leiga nesta matéria e para além disso não tenho tido muito tempo para lhe dar mais brilho. Por esse facto, nem me atrevi a enviá-lo para junto dos outros que florescem cada vez mais.
De qualquer modo, a sua visita foi um incentivo e vou esforçar-me para que o blog não adoeça.

Desambientado disse...

Fátima.
Como vês, sou um leitor assíduo do que estão a fazer. Não há que se envergonhar de nada, e o que mais me atrai nesta lógica, é que também não há compromissos com nada, só vontade de comunicar.
Uma simples presença, pode ser uma grande presença, uma simples frase, uma imensa sabedoria.
Tens presença e sabedoria, aproveita-as.

Félix

Fátima Silva disse...

Dr. Félix,

Muito obrigada, deixou-me desta vez sem palavras.

José Aurélio Almeida disse...

Olá Fátima!
Parabéns pelo blog em si e pelo respectivo conteúdo.
Este é um interessante e oportuno contributo para a esfera da educação ambiental, que tanto estimamos no nosso contexto profissional e não só.
Felicidades!

Fátima Silva disse...

Obrigada José Aurélio pela tua visita e pelas tuas palavras.
Os comentários são, para mim, um incentivo, mas também uma grande responsabilidade ,nomeadamente na pertinência e desenvolvimento de temas para este blog.

Anónimo disse...

Cool blog, interesting information... Keep it UP Insurance long plan stay travel Online universities bahamas merchant account service rabbit fur jacket Duxbak pants buy now imitrex Proactiv solution sheer finish loose powder Triathlon scholarships General electic cooktops Casino schools Cheap flights to africa poland Kenwood filter coffee maker Awnings for rv&aposs women's wading jacket

Anónimo disse...

What a great site »