Número total de visualizações de página

19 fevereiro, 2006

Como as ONGAS são Percebidas?

( Calheta dos Biscoitos)
Durante dois meses, aproximadamente, esteve exposto neste blog um inquérito sobre o papel das ONGAS(Organizações Não Governamentais Ambientais) como organismos de influência de atitudes pró-ambientais junto das populações.
A questão era:
As acções das ONGAS têm impacto junto das populações, face aos actuais problemas ambientais?
Dos 18 inquiridos:
  • 5% consideraram que estas organizações não possuem nenhum impacto sobre as populações, porque estas desconhecem as suas acções;
  • 61% referiram que as ONGAS possuem fraco impacto nas populações na assunção de atitudes pró-ambientais, porque não se sentem verdadeiramente envolvidas, apenas ficam sensíveis à natureza das acções promovidas.
  • 22% acharam que estas organizações possuem impacto significativo nas populações, relativamente à avaliação dos problemas ambientais e, consequentemente, modificam os seus comportamentos.
  • 15% entenderam que existe uma relação directa entre as mudanças de atitude das populações face ao ambiente e as acções desenvolvidas pelas ONGAS.

Não constituindo uma amostra de grande amplitude pode-se, no entanto, verificar que existe ainda um distanciamento, por parte das populações, face às acções que estas organizações ambientalistas desenvolvem em defesa do ambiente.

Por fim, quero agradecer a todos quantos generosamente contribuiram para a realização deste inquérito

8 comentários:

Desambientado disse...

Gostei da ideia do inquérito, no entanto, o seu significado, como bem o afirmas,não é ainda claro.

Um beijinho.

Fátima Silva disse...

Desambientado.
É exactamente isso. Poucos participantes, as questões não estavam claras e logo os resultados não são, de facto, muito elucidativos. De qualquer modo quis expo-los, retribuindo a atenção de quem votou.

Nuno Barata disse...

Se me permitem uma opinião sobre os resultados e a fraca participação no inquérito, ela aqui vai.
A fraca participação dos cidadãos nas actividades e no dia-a-dia das ONGA, deve-se ao elevado grau de politização que as mesmas têm. Se as ONGA, fossem, de facto, não governamentais e não instrumentais, os cidadães seriam, de certo, mais cidadãos.

Fátima Silva disse...

Obrigada Nuno pelo seu contributo e pela sua visita. Penso que as ONGAS aspiram o reconhecimento político das suas acções e estrutura organizativa. Talvez devessem trabalhar também o reconhecimento da sociedade civil, para que as seus projectos de intervenção fossem promotores de mudança.
Gostei muito da sua presença.

Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

Deixei resposta pra ti na minha janelinha e estou retribuindo tua visita!!!
Adorei teu blog e também sou adoradora convicta da natureza, com direito a carteirinha e tudo!!!

As ONS's obviamente ainda são um entrave para dirigentes e muito mais ainda, ao que me parece, aos que habitam países emergentes. No entanto, elas são protetoras silenciosas e com uma ação deveras eficiente no combate aos despropósitos humanos e acredito que em todos os lugares do mundo e mesmo onde aparentemente acreditamos que elas não deveriam estar, elas atuam, educam e reeducam. Ainda que sem o reconhecimento, devido, explicitado, sabemos que essas instituições e as pessoas que fazem parte delas, estão mudando o entendimento do que é qualidade de vida no mundo de hoje e muito já ensinaram e continuam a ensinar. A grande vantagem de pertencermos a uma ONG, é que não é o nome dela que precisa aparecer e ser reconhecida. O mérito provém do aprendizado que ela passa e tenha certeza que isso acontece, ainda que em doses homeopáticas!!!

Um lindo dia pra Ti!!!
Cristina Oliveira

Fátima Silva disse...

Cristina.
Agradeço a visita ao meu espaço virtual, sobretudo a reflexão que aqui deixaste sobre as ONGAS. Com efeito esta diversidade de opiniões têm contribuido para consolidar as ideias e promover o debate.
Acho que as ONGAS possuem um papel fundamental na educação ambiental junto das populações, pois assumiram voluntariamente essa responsabilidade e não a podem descurar. Por isso acho que necessitam de actuar mais na vertente educativo-interventiva no meio onde exercem a sua influência.
Muito obrigada e volta sempre.

Anónimo disse...

Excellent, love it! www hairy sex videos com Amateur nudist Discount pain relief free consultation Bentley fish inkjet printers Malpractice insurance doctor free teen voyeur chat medication zyban side efects Whatta investment apha Fda approved hair loss product Free microsoft word training Amateurs girl

Anónimo disse...

This is very interesting site... »